Novidades Santa Cerva

Acompanhe aqui nossas novidades, dicas e notícias

O que é Lúpulo, afinal?

Quem transita pelo mundo da cerveja artesanal já se acostumou a ouvir essa palavrinha que gera muita curiosidade. Lúpulo é um dos ingredientes base que faz a nossa maravilhosa cerveja especial ser assim, especial! Mas o que é, de fato, o lúpulo?

3964386525_c7afd4dda9_o Lúpulo: a flor mágica!
 
Lúpulo é uma trepadeira da espécie Humulus Lupulus da família das canabidáceas. Na cerveja, são utilizadas apenas as flores das plantas fêmeas, isso porque nelas são encontradas as lupulinas em maior abundância. Essas glândulas são responsáveis pela formação dos óleos essenciais e dos ácidos-alfa, os quais conferem aromas e sabores distintos às cervejas.
 
Sim, é essa florzinha esverdeada que confere amargor, sabor e aroma à cerveja, além de ajudar a conservá-la por mais tempo. E, inclusive, foi esse caráter de ‘conservante natural’ que fez com que o lúpulo fosse utilizado como um dos ingredientes da bebida, há séculos atrás. Hoje em dia, existe uma fartura de tipos de lúpulos sendo plantados e comercializados pelo mundo inteiro. Alguns, fornecem mais amargor à bebida, outros aromas frutados e, até mesmo, tons de pimenta e pinho. A Alemanha, os EUA e a República Tcheca estão na lista dos maiores produtores de lúpulo do mundo. Alguns dos tipos mais utilizados na composição da cerveja são oColumbus (cítrico e levemente amadeirado), Sorachi Ace (de origem japonesa, fornece tons de raspas de limão e erva cidreira), Saaz (amargor picante e aroma terroso), Citra(caráter de laranja, toranja e notas de manga) e Goldings (de origem inglesa, é aromática, suave e provê notas cítricas e tons de pimenta). Então, já está mais familiarizado com essa flor mágica? Agora, é só partir para a parte divertida: provar cervejas com os mais diversos tipos de lúpulo e tentar identificar sua influência no sabor, no aroma e no gosto da bebida! Cheers!